MUNDO EM CAOS (Patrick Ness)

"O ruído é o homem sem filtro, e, sem filtro, o homem é só caos em movimento"

A resenha de hoje é sobre um livro que foi lançado primeiramente em 2008 com o titulo de "O Motivo" e agora esta sendo relançado sob titulo de "Mundo em caos". É o primeiro livro de uma trilogia e a produção para o cinema já esta sendo feita.

Imagine um mundo onde os pensamentos dos homens pudessem ser ouvidos por todo mundo, o tempo todo. Seria um mundo em caos.

Mundo em caos nos leva a um cenário pós apocalíptico onde os humanos deixaram a Terra em busca de novos lugares para colonizar. Quando os humanos chegaram ao planeta que eles chamam de Novo Mundo encontraram alienígenas que soltaram um vírus que fez com que todas as mulheres morressem e todos os homens tivessem seus pensamentos revelados em voz alta. Ouve uma guerra e os humanos venceram, mas já não existia mais mulheres e o ruído já estava por toda parte. Pelo menos foi isso que sempre contaram a Todd.

"Informação demais se torna simplesmente ruído. E nunca, nunca para"

Todd Hewit é um garoto prestes a completar 13 anos (que de acordo com as leis locais faz com que ele se torne oficialmente homem) que vive numa cidade chamada Prentisstown. Todd é o ultimo garoto, ele foi a ultima criança a nascer antes do vírus que matou todas as mulheres.  O vírus também liberou o que é chamado de ruído, ou seja o pensamento de todos é ouvido em voz alta, inclusive o pensamento dos animais. Não existe silêncio aqui, todo mundo escuta o pensamento de todo mundo o tempo inteiro.

Faltando apenas um mês para se tornar homem, Todd vê seu mundo desmoronar quando encontra um buraco no ruído. Ele não sabe o que é, mas é um silêncio que ele nunca havia experimentado antes.  Como o pensamento de Todd, assim como o de todos, é ouvido em voz alta não tarda aos governantes de Prentisstown descobrirem sobre o silêncio que Todd descobriu. É aí que tudo muda. Cillian e Ben, os homens que criaram Todd, o mandam fugir. Todd não entende para onde ele pode fugir pois sempre acreditou que Prentisstown fosse o último povoado existente. 

Munido de uma faca, um diário escrito pela mãe e seu cachorro Machee, o menino Todd parte em busca do desconhecido e é aí que encontra algo que ele jamais imaginou que ainda existisse: uma garota.

"A vida se resume a correr e talvez quando a gente parar de correr, saberá que a vida finalmente terminou."

O livro é uma aventura deliciosa de se ler. Acompanhamos a jornada de Todd e da garota Violet tentando chegar a uma nova cidade e tendo que fugir do exercito que Prentisstown que esta atras deles. Todd não sabe porque estão tentando mata-lo e a cada passo descobre que tudo que lhe contaram a vida toda foi uma mentira.

Um personagem que chama a atenção é o cachorro Manchee, afinal também é possível ouvir o pensamento dos animais, então o cachorro fala e ele é sensacional.

Um ponto importante que é abordado no livro é a questão do autoritarismo masculino. O mundo governado pela voz do homem é um caos pois eles só pensam em guerra e destruição. O prefeito de Prentisstown é um ditador que mantem seu população ignorante e analfabeta, o próprio Todd não sabe ler pois o prefeito mandou queimar todos os livros da cidade, já que ele sabe o conhecimento é a arma mais poderosa que existe.

Chamo a atenção também para o capricho da edição. A capa é maravilhosa e tem as bordas vermelhas, o que deixa tudo mais charmoso.


Nenhum comentário:

Postar um comentário