RESENHA: Série Crossfire (Sylvia Day)


"Ele é tão bonito e perfeito do lado de fora, quanto é danificado e atormentado no interior"

Já tinha um tempo que eu queria falar sobre essa série e hoje finalmente vai sair.
 A série Crossfire é composta por cinco livros, sendo que o primeiro deles tem o título de “Toda Sua”. 

Assim como os outros livros da Sylvia Day esse é um livro para o público adulto, pois contém cenas explicitas (super explicitas) e muita gente compara ele com a trilogia de Cinquenta tons de cinza. Sim, tem algumas coisas em comum, mas a saga Crossfire ganha pontos por ser de uma escrita bem mais elaborada que a de Cinquenta Tons. Mas claro, não é lá uma maravilha literária.
Essa série conta a história de Eva, uma moça rica e linda que mora em Nova Iorque com seu melhor amigo Cary e tem uma mãe super protetora e intrometida. Tanto Eva quanto Cary sofreram traumas na infância e isso os marcou profundamente (eles se conheceram num grupo de ajuda). Eva esta prestes a iniciar um novo trabalho no edifício Crossfire, que pertence a um milionário chamado Gideon Cross. Já dá pra imaginar o que acontece né? Eles se apaixonam e começam um romance conturbado e muito quente.
Até aqui temos uma garota que se apaixona por um milionário, que por sua vez também tem seus traumas do passado e não leva  um relacionamento sério com nenhuma mulher. Sim, lembra uma certa Anastácia e um certo Christian, mas vale destacar que Eva não é uma mocinha frágil, virgem e bobinha como Anastácia. Eva é forte, com opinião própria e jamais se tornaria submissa de ninguém, talvez seje justamente esse jeito forte de ser que conquista o poderoso Gideon.
Em meio ao romance dos dois, a série se desenrola com vários dramas, com pessoas do passado voltando para atormentar nossos protagonistas e problemas novos surgindo a todo momento num roteiro bem elaborado. Um ponto que gosto nessa série é que a autora desenvolve bem vários dos personagens, ou seja, a coisa não fica só focada em Eva e Gideon, aqui vamos acompanhando o desenrolar da vida de Cary e de vários outros personagens.

"Não existe coisa mais fácil que resolver o problema dos outros. O duro é enfrentar nossos próprios traumas"
Quando comecei a ler essa saga ela já estava com os quatro primeiros livros lançados. Li o primeiro e gostei muito, então corri para comprar os outros. Devorei tudo em poucas semanas e depois tive que esperar mais de um ano até o lançamento do quinto e último livro, e quando ele finalmente chegou foi uma decepção total.
Sério, o final dessa saga é de chorar (de desgosto).Não sei o que aconteceu, até parece que foi outra pessoa que escreveu. A maior parte dos conflitos já tinha sido resolvida no quarto livro, então o quinto foi uma grande enrolação. Para piorar tudo, colocaram uma coisa que acontece com a mãe de Eva, que simplesmente não tem nada a ver. Não entendi o porquê daquilo, não tem sentido nenhum e acho que o único objetivo da autora foi encher linguiça, só pode. E o final, digo,  as cenas finais do casal, também foram tão sem sal, eu realmente esperava muito mais para a conclusão dessa saga.

Então minhas considerações finais são que a série é boa até o quarto livro. Se você deseja ler essa série acho que pode ir só até o quatro livro, aí você adiciona um “e viveram felizes para sempre” e pronto, fim da história, nem precisa ler o quinto. Mas, se você quiser embarcar no livro final provavelmente vai achar ele muito mais parado do que os outros e uma grande enrolação com um final decepcionante.

2 comentários:

  1. Nossa... Lamentável, acabei de terminar o 4 volume e fiquei destruída com sua análise sobre o quinto. Na verdade, sem saber do seu comentário, que a saga deveria ter encerrado no 4 volume mesmo. Agora fiquei na dúvida se compro ou não o 5 volume 😔

    ResponderExcluir
  2. Oi li e reli o quinto livro,ele esclarece muita coisa, mas odiei o final. Porque o final focou só no Gedeon e a Eva, faltou o final dos outros personagens. Principalmente por conta da morte da Monica, esse irmã gêmea da Monica deveria aparecer na história.eu amo ler eu devoro um livro atraz do outro, apesar que o quinto livro deixou a desejar,mas essa série de livros foi a história de ficção mais real que eu já li.

    ResponderExcluir