FÉRIAS FORA DE HORA

Com o avanço do novo Coronavirus, as autoridades brasileiras tem suspendido as aulas e até alguns setores de emprego. Mas é importante lembrar que não é porque não tem aula nem trabalho que você pode ir pra rua, shoppings, praias etc. O intuito dessa ação é justamente fazer com que as pessoas não saiam de casa para evitar a propagação do vírus.

Então, já que não podemos sair vamos aproveitar e curtir essas férias fora de hora no nosso lar doce lar. Uma boa pedida para esse momento é colocar a leitura em dia, e o melhor é que você nem precisa sair para comprar um livro novo, hoje existem centenas de livrarias online que são de confiança e entregam tudo muito rapidinho.

Para ficar ainda melhor, que tal um desconto nos livros?  No site www.cupomvalido.com.br você encontra diversos cupons de desconto para as lojas mais badaladas da internet, e não são apenas livrarias não, eles tem cupom para as lojas de diversos segmentos. Que tal aproveitar esses dias em casa para fazer umas comprinhas on line com desconto?

A seguir veja como conseguir descontos em apenas 3 passos:

PASSO 1: Clique na imagem abaixo para ser redirecionado ao site, ou digite  www.cupomvalido.com.br em seu navegador.



PASSO 2: Você pode escolher uma loja entre as que aparecem na pagina inicial, ou digitar a loja desejada no campo de busca. Logo vai aparecer todos os cupons disponíveis para aquela loja. Por exemplo, veja os cupons da Amazon nessa página  https://www.cupomvalido.com.br/desconto/amazon/


PASSO 3: Escolha o cupom de acordo com o segmento que deseja.  Ao clicar na opção "clique para ver o cupom" vai aparecer um código para colar no seu carrinho e ter o desconto.  Ao clicar na opção "clique para ativar" você será redirecionado ao site já com o cupom incluído. 


Agora que já sabe como comprar economizando vamos aproveitar nossa estadia em casa e fazer umas comprinhas nas incríveis lojas virtuais. O site também oferece descontos para você assinar a Netflix e maratonar suas séries preferidas.

BOAS COMPRAS!!!



A PACIENTE SILENCIOSA (Alex Michaelides)

"Se eu me justificar, a minha própria boca me condenará"

A paciente silenciosa é um trhiller de suspense que consegue te prender do inicio ao fim da historia.

Alicia Berenson é uma pintora conhecida que esta presa numa instituição de doentes mentais após ser condenada pelo assassinato do marido.

Gabriel foi assassinado com vários tiros quando estava dentro de casa com sua esposa Alicia. Os vizinhos ouvem os disparos e quando chegam já encontram Gabriel morto, amarrado a uma cadeira e Alicia parada com a arma nas mãos e os pulsos cortados. Tudo leva a crer que Alicia matou o marido e depois tentou se suicidar. A partir desse dia ela não fala mais nada.

Alicia é levada a julgamento e não diz absolutamente nada, ninguém consegue tirar uma palavra da boca dela. O juiz a condena pelo assassinato, mas devido aos problemas psicológicos que ela apresenta, ela é enviada para uma clinica de doentes mentais ao invés de ir para cadeia.

Sete anos se passam. Alicia continua trancada na clinica e nunca disse uma palavra sequer. É quando a clinica contrata um novo terapeuta, chamado Theo Faber, que é um sujeito que esta determinado a fazer Alicia falar. Como Alicia era uma pintora com certa fama, o caso foi muito noticiado na imprensa, e quando surge uma vaga de emprego na clinica em que ela esta Theo não perde tempo e se candidata. 

Aos poucos Theo vai se aproximando de Alicia, tentando faze-la falar ou ao menos se expressar de alguma forma.  Ao mesmo tempo vamos acompanhar um pouco da vida pessoal de Theo e ver como o seu caminho e o de Alicia se cruzaram.

O livro gira em torno do suspense sobre o que de fato aconteceu no dia do assassinato. Foi Alicia quem matou o marido ou ela é inocente? E porque ela não fala nada desde esse dia?

A partir da metade do livro vamos tendo algumas pistas sobre o que pode ter acontecido, mas a revelação final foi um choque para mim.

MUNDO EM CAOS (Patrick Ness)

"O ruído é o homem sem filtro, e, sem filtro, o homem é só caos em movimento"

A resenha de hoje é sobre um livro que foi lançado primeiramente em 2008 com o titulo de "O Motivo" e agora esta sendo relançado sob titulo de "Mundo em caos". É o primeiro livro de uma trilogia e a produção para o cinema já esta sendo feita.

Imagine um mundo onde os pensamentos dos homens pudessem ser ouvidos por todo mundo, o tempo todo. Seria um mundo em caos.

Mundo em caos nos leva a um cenário pós apocalíptico onde os humanos deixaram a Terra em busca de novos lugares para colonizar. Quando os humanos chegaram ao planeta que eles chamam de Novo Mundo encontraram alienígenas que soltaram um vírus que fez com que todas as mulheres morressem e todos os homens tivessem seus pensamentos revelados em voz alta. Ouve uma guerra e os humanos venceram, mas já não existia mais mulheres e o ruído já estava por toda parte. Pelo menos foi isso que sempre contaram a Todd.

"Informação demais se torna simplesmente ruído. E nunca, nunca para"

Todd Hewit é um garoto prestes a completar 13 anos (que de acordo com as leis locais faz com que ele se torne oficialmente homem) que vive numa cidade chamada Prentisstown. Todd é o ultimo garoto, ele foi a ultima criança a nascer antes do vírus que matou todas as mulheres.  O vírus também liberou o que é chamado de ruído, ou seja o pensamento de todos é ouvido em voz alta, inclusive o pensamento dos animais. Não existe silêncio aqui, todo mundo escuta o pensamento de todo mundo o tempo inteiro.

Faltando apenas um mês para se tornar homem, Todd vê seu mundo desmoronar quando encontra um buraco no ruído. Ele não sabe o que é, mas é um silêncio que ele nunca havia experimentado antes.  Como o pensamento de Todd, assim como o de todos, é ouvido em voz alta não tarda aos governantes de Prentisstown descobrirem sobre o silêncio que Todd descobriu. É aí que tudo muda. Cillian e Ben, os homens que criaram Todd, o mandam fugir. Todd não entende para onde ele pode fugir pois sempre acreditou que Prentisstown fosse o último povoado existente. 

Munido de uma faca, um diário escrito pela mãe e seu cachorro Machee, o menino Todd parte em busca do desconhecido e é aí que encontra algo que ele jamais imaginou que ainda existisse: uma garota.

"A vida se resume a correr e talvez quando a gente parar de correr, saberá que a vida finalmente terminou."

O livro é uma aventura deliciosa de se ler. Acompanhamos a jornada de Todd e da garota Violet tentando chegar a uma nova cidade e tendo que fugir do exercito que Prentisstown que esta atras deles. Todd não sabe porque estão tentando mata-lo e a cada passo descobre que tudo que lhe contaram a vida toda foi uma mentira.

Um personagem que chama a atenção é o cachorro Manchee, afinal também é possível ouvir o pensamento dos animais, então o cachorro fala e ele é sensacional.

Um ponto importante que é abordado no livro é a questão do autoritarismo masculino. O mundo governado pela voz do homem é um caos pois eles só pensam em guerra e destruição. O prefeito de Prentisstown é um ditador que mantem seu população ignorante e analfabeta, o próprio Todd não sabe ler pois o prefeito mandou queimar todos os livros da cidade, já que ele sabe o conhecimento é a arma mais poderosa que existe.

Chamo a atenção também para o capricho da edição. A capa é maravilhosa e tem as bordas vermelhas, o que deixa tudo mais charmoso.


UM LUGAR BEM LONGE DAQUI (Delia Owens)

Um lugar bem longe daqui foi o livro recebido em maio pelo clube da Intrínsecos e é uma história cativante com uma escrita que me encantou desde o primeiro capitulo.

"Um brejo não é um pântano. Um brejo é um lugar de luz, onde a grama brota na água e a água escoa para dentro do céu."

Nossa protagonista é uma menininha chamada Kya que mora numa casinha (que ela chama de barracão) no meio de um brejo na Carolina do Norte. No inicio do livro acompanhamos Kya com apenas seis anos de idade vendo a mãe indo embora. A menina não entende porque a mãe se foi e por muito tempo fica olhando a estradinha esperando que ela volte. Com a partida da mãe, os irmãos de Kya também vão indo embora, um a um até que a menina fica sozinha com o pai. O pai é um alcoólatra que espancava a mulher e os filhos, ele é totalmente negligente e passa dias fora deixando Kya sozinha, até que um dia ele se vai de vez.

Com uma família desfuncional dessas Kya aprende a se virar sozinha desde muito cedo. Ela aprende a tirar da natureza tudo o que ela precisa para viver e assim ela vive sozinha no meio do brejo tendo os animais como sua família.

"A solidão ficou maior do que ela era capaz de aguentar. Desejava a voz, a presença, o toque de alguém, porém ainda mais desejava proteger seu coração."

O livro nos mostra a jornada de Kya, acompanhamos sua infância, sua adolescência e inicio da vida adulta e paralelamente a isso também acompanhamos a historia de um assassinato. 

Chase Andrews é um rapaz bem popular na cidade que um dia é encontrado morto perto de um rio. A principio suspeita-se de que tenha sido um acidente, mas logo surgem pistas que levam a crer que ele foi assassinado. Uma investigação começa e Kya é acusada de ser a assassina.

"A vida a havia transformado em uma especialista em esmagar sentimentos até que ficassem de um tamanho possível de guardar."

O livro narra capítulos no presente, onde Kya já é adulta e Chase foi encontrado morto, com capítulos no passado mostrando a vida de Kya desde sua infância e o envolvimento que ela teve com Chase na adolescência.

A historia se passa nos anos 60 e mostra o preconceito vivido por vários personagens. Kya é branca, mas por viver num brejo é vista como suja e tratada como um animal, por isso ela prefere viver isolada em seu brejo e vai até a cidade o minimo possível. Um personagem importante na história é Pulinho, um senhor que tem uma vendinha e ajuda Kya. É ele quem compra os mariscos e peixes que ela pega e é a esposa de Pulinho que consegue doações de roupas e outras coisas que uma menina precisa. Pulinho é negro e vitima de racismo, que infelizmente era comum naquela época.

"A natureza cuidou dela quando ninguém mais quis"

Um lugar bem longe daqui é um livro encantador para quem gosta de natureza pois ele narra detalhes e curiosidades sobre a fauna e flora do lugar com perfeição. A autora é uma zoóloga e colocou vários de seus conhecimentos no livro.

Um livro maravilhoso que merece ser lido.

OS PRÓS E OS CONTRA DE NUNCA ESQUECER (Val Emmich)

"Onde quer que eu olhe, em todos os cantos, vejo o que ninguém mais vê: as lembranças."

Os prós e os contra de nunca esquecer é um lançamento da editora Intrínseca, que inicialmente foi disponibilizado para os assinantes do clube Intrínsecos, mas que já esta disponível em todas as livrarias.

A historia gira em torno de dois protagonistas: Gavin e a pequena Joan, uma menina de dez anos com um "dom" muito especial. 

Joan não consegue esquecer de nada que aconteceu em sua vida. Ela lembra de tudo com detalhes impressionantes, incluído a roupa que estava usando em tal dia, o que fez, o que falou e o que ouviu. Ela tem dez anos e consegue se lembrar de tudo a partir de seus 4 ou 5 anos. Tudo mesmo, cada detalhe.

"Memorável é uma palavra difícil de entender. Tudo parece memorável para mim. Como vou saber o que é memorável para o resto das pessoas?"

Joan vive com os pais e seu maior medo é de ser esquecida. Como ela se lembra de tudo ela não consegue entender como as pessoas podem se esquecer, muito menos como podem se esquecer dela (como quando o pai se esquece de busca-la na escola). 

O pai de Joan é musico e a garota cresceu em meio a música e aos discos dos Beatles e é quando surge um concurso de musica que Joan vê a oportunidade de jamais ser esquecida. A menina coloca na cabeça que se conseguir fazer uma musica perfeita ela jamais será esquecida, assim como seu grande idolo John Lennon.

É ai que conhecemos nosso segundo protagonista. Gavin é amigo antigo dos pais de Joan, mas a anos não ia visita-los então ele não conhece a menina, apesar de já ter ouvido falar nela. Gavin acaba de perder seu companheiro Sidney, ele esta de luto e decide passar uns dias na casa dos velhos amigos para espairecer, é quando ele conhece Joan e uma amizade linda surge.

"Eu queria que houvesse uma maneira de saber que estamos vendo alguém pela ultima vez. Assim poderíamos prestar ainda mais atenção na pessoa quando isto estivesse acontecendo."

Gavin descobre que Sidney andou viajando sem que ele soubesse e que estava planejando alguma coisa. Intrigado, ele decide que precisa descobrir o que seu companheiro estava fazendo e a memoria extradicionaria de Joan vai ajudar, afinal Sidney visitava a família dela com frequência. Em troca Gavin decide ajudar Joan a compor a musica perfeita para o concurso.

Esse livro é sensacional, uma garota que lembra de tudo e um homem que quer esquecer tudo. Uma escrita tocante e temas delicados são abordados neste livro, tudo regado a muita música.

"Lembranças nunca são tão boas quanto o momento de verdade".


O QUE ACONTECEU COM ANNIE (C.J. Tudor)

O que aconteceu com Annie é o novo livro de C.J Tudor, mesma autora de o homem de giz. O livro chegou mês passado ao Brasil em primeira mão para os assinantes do clube Intrínsecos, e estará nas livrarias em breve.

A história começa com uma mãe que assassina seu próprio filho e depois se mata deixando a pequena cidade  de Arnhill chocada. A mulher era professora de uma escola e com a morte dela um antigo morador chamado Joe resolve voltar a Arnhill e consegue a vaga de professor substituto. Na verdade Joe havia recebido um e-mail anonimo dizendo "eu sei o que aconteceu com a sua irmã. Esta acontecendo de novo". Esse foi um dos motivos que o levaram a voltar para sua cidade natal.

25 anos antes, Joe tinha quinze anos e  sua irmãzinha Annie apenas sete quando algo aconteceu. Annie desapareceu. A policia foi chamada e começaram as buscas pela cidade inteira, mas nem sinal da menina. 48 horas depois Annie voltou, ela não se lembrava do que acontecido e estava diferente. Era como se Annie não fosse mais Annie, algo aconteceu nessas 48 horas em que ficou sumida que a transformaram completamente. 

"Algo aconteceu com a minha irmã. Eu não posso explicar o quê. Eu só sei que quando ela voltou, não era a mesma. Ela não era a minha Annie".

O livro é um suspense com pitadas de terror. Os capítulos mesclam acontecimentos do presente com episódios do passado para entendermos em que circunstancias Annie sumiu. A historia tem tem vários ambientes sombrios como o cemitério da cidade onde não existem corpos de crianças e uma antiga mina desativada que guarda muitos mistérios.

Joe é um cara que fracassado, viciado em jogo e completamente endividado que precisa enfrentar os fantasmas do passado ao regressar a Arnhill. Os capítulos que narram os acontecimentos do passado tem uma pegada dos filmes dos anos 80 com aquele tradicional grupo de garotos que sempre andam juntos e acabam se metendo em confusão e explorando lugares em que não deveriam estar.

O que aconteceu com Annie chegou as livrarias americanas em fevereiro e deve chegar as brasileiras em um ou dois meses. Por enquanto esta disponível apenas para os assinantes da Intrínsecos.




3 LIVROS COM TEMÁTICA FEMINISTA

Hoje vou listar 3 livros de ficção que trazem a temática feminina.
#GirlPower

1) VOX (Christina Dalcher)

Após as eleições presidenciais americanas, chega ao poder um governo de extrema direita super conservador que acaba com os direitos das mulheres.

As mulheres não podem mais trabalhar fora, tem seus estudos limitados, devem voltar suas atividades exclusivamente para os trabalhos de casa e devem obedecer aos homens em tudo. Além disso, as mulheres só podem falar 100 palavras por dia. Desde crianças, as meninas já recebem uma pulseira que conta quantas palavras estão sendo ditas, se ultrapassar 100 elas levam choques. A pulseira é zerada sempre a meia noite, dando a ela mais 100 palavras para falaram no novo dia.

Quando a cientista Dra. Jean McClellan é convocada para trabalhar em uma missão (por ela ser uma das únicas profissionais capacitadas), ela vê a oportunidade de lutar por sua voz e por todas as mulheres que foram silenciadas.





2) O PODER (Naomi Alderman)

Num futuro próximo meninas por volta dos 15 anos começam a desenvolver poderes de eletricidade. Elas percebem que há algo diferente em seus corpos, elas sentem uma eletricidade saindo de seus dedos e percebem que podem causar choque nas pessoas. Esses choques podem apenas machucar ou até mesmo matar, depende da intensidade com que elas executam seu poder. Aos poucos todas as mulheres vão adquirindo esse dom. As bebês já nascem com ele e os homens percebem que não estão mais no poder.

As mulheres assumem o poder e isso muda completamente o mundo que conhecemos em diversos aspectos: na religião, que passa a ver Deus como uma figura feminina, no meio militar, pois agora os exércitos são formados por mulheres, na política, já que agora os países são governados por mulheres etc. Os homens passam a ser considerados o sexo frágil.

Num mundo sendo dominado pelas mulheres, os homens vão sendo cada mais mais rebaixados e a autora faz uma abordagem genial nesse livro, mostrando que a questão do feminismo e do machismo não é sobre gênero, e sim sobre poder.


3) TERRA DAS MULHERES (Charlotte Perkins Gilman)

Esse livro foi publicado pela primeira vez em 1915 o que nos mostra que desde aquela época o feminismo já vinha sendo abordado.

Nas profundezas de uma floresta existe um grupo que mulheres que há mais de dois mil anos vivem sem nenhum homem. Elas adquiriram a capacidade de se reproduzir assexuadamente e  vivem numa sociedade próspera.

A historia começa quando um grupo formado por três amigos ouve falar dessas mulheres e decidem partir numa expedição para encontra-las. Eles ficam chocados em ver como uma sociedade formada apenas por mulheres é próspera e tudo funciona perfeitamente. Avanços da medicina, da tecnologia, das construções enfim, tudo parece funcionar perfeitamente nessa terra só de mulheres.

A partir do momento que esses três homens chegam nessa Terra, as mulheres começam a questionar como é o mundo deles. Vale lembrar que essas mulheres não conhecem o machismo, o ciúme, a obsessão, a violência e todas outras coisas que são comuns num mundo onde homens e mulheres vivem juntos.

Espero que tenham gostado das dicas. Boa leitura.


Nove Desconhecidos (Liane Moriarty)

Nove Desconhecidos é o novo livro da autora de Pequenas Grandes Mentiras e acaba de chegar ao Brasil para os assinantes do clube Intrínsecos. Em breve estará nas livrarias.

A trama gira em torno de nove pessoas que vão passar dez dias na Tranquilium House, uma especie de SPA de luxo que promete uma transformação completa do corpo e da mente. Os motivos que levam cada um a ir são diversos, mas em comum esta o fato de que cada um quer se desintoxicar de coisas ou sentimentos que lhes fazem mal e ter uns dias de paz.

Uma escritora de 52 anos, divorciada duas vezes e que acabou de sofrer um golpe de um cara que conheceu na internet. Um advogado gay especializado em ajudar mulheres a depenar seus ex maridos judicialmente. Um jovem casal que ganhou na loteria e que agora estão com o casamento em crise. Uma mãe divorciada que tem baixa estima. Um ex atleta viciado em remédios para emagrecer. E um pai, uma mãe e uma filha que estão de luto pela perda do filho que se suicidou. São nove pessoas com historias e problemas diferentes que vão experimentar essa nova terapia em um SPA.

Logo que chegam a Tranquilium House eles percebem que as terapias aplicadas ali são bem diferentes, mas todos estão dispostos a tentar, afinal o programa promete que ao final do decimo dia eles serão pessoas transformadas. Acontece que conforme os dias vão passando essas terapias vão ficando cada vez mais estranhas e eles percebem que há algo errado ali.

Além dos novo hospedes, conhecemos também Masha, a dona da Tranquilium House, e alguns funcionarios do local. Aos poucos vamos conhecendo mais da história de Masha e dessa terapia experimental que ela decide aplicar a seus hospedes.

Cada capitulo é narrado por um dos personagens, a autora conseguiu explorar bem a historia de cada um e transformar o livro num triller delicioso de se ler.

Pequenos Incêndios por Toda Parte (Celeste Ng)

"As vezes é preciso queimar tudo e recomeçar"

Pequenos incêndios por todo parte é um livro que te cativa pela escrita. É uma delicia de ser ler, parece que uma amiga esta te contando uma história e é impossível largar o livro.

Logo no inicio do livro ficamos sabendo que a casa da família Richardson esta em chamas, e que foram encontrados vários pequenos focos de incêndio na residencia. O mais assustador é que ficamos sabendo que a responsável é Izzy, a filha mais nova do casal.  O livro volta algumas semanas para entendermos o que aconteceu e porque uma menina ia colocar fogo na própria casa.

A família Richardson é composta por Helena, seu marido  e quatro filhos adolescentes: Lexie, Trip, Moody e Izzy. Eles vivem em  Shaker Heights, uma cidade "perfeita", cheia de regras que vão garantir a ordem e a harmonia no local. As casas precisam ter o mesmo padrão de cores, ter a grama aparada na altura certa, deixar o lixo somente na parte de trás da casa e próximo a hora de coleta etc. São regras impostas pela prefeitura que visa garantir uma cidade perfeita tanto esteticamente quanto no funcionamento das coisas.

"Era como uma obra de arte, e a arte não deve ter boa aparência, mas sim fazer a gente sentir alguma coisa."

Além da mansão em que vivem, os Richardson possuem uma outra casa, menor, que costumam alugar e nossa historia começa com a chegada de novas inquilinas. Trata-se me Mia Warren e de sua filha de quinze anos, Pearl. Mia e Pearl são o oposto de todos os moradores de Shaker Heights, elas não possuem regras e sempre viveram como nômades, se mudando de cidade em cidade. Mia é fotografa e artista plastica, mas arruma empregos para completar a renda.

Assim que chegam na cidade, Pearl faz amizade com Moddy e posteriormente com Lexie e Trip. Assim a garota passa a frequentar a casa dos Richardson e se encanta com a forma como eles vivem e com a família perfeita que eles tem.  Dos filhos dos Richardson, Izzy é a mais "diferente". Ela não se dá com os irmãos nem com os pais, mas acaba se aproximando muito de Mia. Izzy sonha em ter a vida de Pearl, enquanto Pearl sonha em ter a vida de Izzy.

A historia ganha um drama maior quando uma moça chinesa abandona seu bebê num corpo de bombeiros por não ter condições de cuidar dela. A bebê é adotada por um casal de Shaker Heights, a melhor amiga de Helena, que a dez anos tenta sem sucesso ter um filho. Só que a mãe biológica arruma um emprego (onde Mia trabalha) e se arrepende de ter abandonado a filha e decide lutar para te-la de volta, levando o caso aos tribunais. 

Durante a leitura vamos acompanhando a vida desses personagens de uma forma que é impossível parar de ler. Os conflitos da adolescência, os dramas familiares, segredos que aos poucos vão sendo revelados e temas delicados e polêmicos, tem de tudo um pouco nesse livro.

A autora desenvolve muito bem as histórias e consegue amarra-las todas no final.


Mil Beijos de Garoto (Tillie Cole)

"Viva intensamente, ame intensamente, vá atrás dos seus sonhos, busque aventuras e capture momentos. Viva lindamente."

Pensa num livro que vai te fazer chorar. É este aqui. É impossível ler Mil Beijos de Garoto sem derramar pelo menos uma lágrima.

Aos cinco anos de idade o norueguês Rune se mudou com sua família para os EUA devido ao trabalho do pai. Logo em seu primeiro dia na nova casa ele conhece Poppy, a vizinha da mesma idade e a amizade surge logo no primeiro momento.  Rune e Poppy tornam-se inseparáveis e com o passar os anos vamos vemos o verdadeiro amor desabrochar.


"E então era Poppy e eu desde aquele dia. Poppy e Rune. Melhores amigos até o infinito."

Aos oito anos Poppy tem sua primeira grande perda. Sua avó falece, mas antes dá um presente a garota: um pote para ela colecionar beijos. Poppy e a avó eram muito unidas e a avó adorava contar suas histórias para a neta, principalmente as românticas, só que muitas coisas do que ela já viveu ela não se lembra mais. O presente de Poppy é um pote de vidro com mil corações de cartolina rosa e a ideia é que toda vez que Poppy for beijada, e se for um beijo que fizer o coração quasse explodir de felicidade, a menina deve anotar no coração a pessoa, o local e o que ela sentiu. Assim quando Poppy for velhinha poderá abrir o pote, ler os corações e se lembrar de tudo o que viveu.

"Você vai ter um frasco de tesouro de todos os beijos preciosos que fizeram o seu coração disparar."

Quando Poppy conta a Rune sobre seu pote ele fica enciumado. O menino não quer que sua Poppy beije garotos, por isso ele decide que é ele quem vai dar-lhe os mil beijos e o primeiro acontece ali mesmo, aos oito anos de idade.

O tempo vai passando e a amizade se transforma em amor. Eles estão juntos o tempo todo, apoiando um ao outro até que aos quinze anos tudo muda.

O pai de Rune é mandado de volta para a Noruega e a família toda precisa ir. Rune fica transtornado, ele não quer deixar Poppy, mas ainda é menor de idade e não pode fazer nada. O casal promete se falar todos os dias, e Rune jura que voltará o mais breve possível.

"Beijo número 356. Com o meu Rune em sua garagem... quando ele me deixou."

De inicio eles cumprem o prometido e se falam todo os dias, mas de repetente Poppy some. Ela para de atender as ligações de Rune, não responde mais as mensagens, nem e-mail. O garoto fica desesperado sem saber o que esta acontecendo, ele tenta entrar em contato com a família de Poppy, mas ninguém responde.

A partir daí Rune se transforma. Ele não fala com a família, nutre um ódio pelo pai que o separou de sua amada, passa a beber e a fumar. Dois anos depois, a família dele volta para os EUA e ele quer saber o que aconteceu com Poppy e por que ela desapareceu de sua vida.

"Deu a mim, no presente, o sonho que mu futuro jamais poderia me dar".

Poppy é uma personagem muito cativante, não importa o quanto as coisas estejam ruins ela sempre encontrará um motivo para sorrir. Já Rune tem um lado mais introspectivo e até sombrio, mas Poppy é seu raio de sol.

A escrita desse livro é linda. A autora criou passagens de encher os olhos de emoção. No inicio você acha o livro fofo, o romance dos dois é a coisa mais linda do mundo, mas de repente, quando você descobre o motivo de Poppy ter sumido da vida de Rune seu queixo cai. A partir daí, você se emociona e chora a cada capitulo. O final é arrebatador.

Preparem os lenços.


"Eu sou a garota que acorda cedo para ver o nascer do sol. Eu sou a garota que quer ver o que há de bom em todos, a que é arrebatada por uma música, inspirada por arte. Eu sou esta garota, Rune. A que espera a tempestade passar simplesmente para vislumbrar um arco-íris. 
Por que ser infeliz quando você pode ser feliz? É uma escolha óbvia para mim."