Resenha: O INFERNO DE GABRIEL (Sylvain Reynard)

"A salvação de um homem. O despertar da sexualidade de uma mulher"

Antes de começar devo informar que esse é um livro de conteúdo adulto, mas diferente de Cinquenta Tons de Cinza, esse tem uma história bem construída. 
Trata-se de O inferno de Gabriel, o primeiro livro de trilogia.

"Por você, meu amor, eu arrancaria as estrela do céu só para coloca-las a seus pés"

O protagonista é Gabriel Emerson, um professor universitário especialista em Dante Aligieri (o autor do clássico A divina comédia). Gabriel tem um passado enigmático, é um homem solitário, frio e viciado em álcool. Frequentemente sai com prostitutas, ele não quer nada sério, quer apenas prazer carnal. A vida de Gabriel muda quando entra em sua turma de mestrado uma aluna chamada Julia Mitchell.

Julia é uma menina doce, genrosa e em certo ponto até ingenua, ela teve uma infância difícil sendo vítima da negligencia dos pais, e teve um relacionamento abusivo, mas ainda é virgem. Uma atração logo surge entre ela e Gabriel, os dois sentem como se já se conhecessem e na verdade sim, eles já se conhecem, apesar de não se reconhecerem a principio. O o amor deles porém deve ser escondido, pois a Universidade não permite relacionamento entre alunos e professores. 

É lindo ver, antes mesmo de um relacionamento se iniciar, como o grosso e egoísta professor começa a se preocupar com sua aluna. Julia vive sem dinheiro, mora num apartamento minusculo e quando Gabriel vai lá a primeira vez fica horrorizado. Ele quer cuidar dela, e a medida que vai conhecendo sua história um amor verdadeiro nasce.

"Ela o consumia pouco a pouco e, quando abria um sorriso ou ria, Gabriel achava que iria pegar fogo"

Em meio a relação dos protagonistas vamos mergulhando no mundo de Dante e Beatriz (A divina comédia). O professor Gabriel é especialista em Dante, e Júlia escolhe fazer seu trabalho de conclusão de curso justamente sobre a obra desse autor e isso nos fornece capítulos e mais capítulos de conhecimento histórico e literário sobre o famoso poeta italiano.
O próprio Gabriel se vê como Dante que teve que passar pelo inferno, depois pelo purgatório para enfim chegar ao paraíso e encontrar sua Beatriz, e é até engraçado porque Gabriel se sente tanto como Dante que começa a chamar de Julia de Beatriz.

Para quem é apaixonado por literatura as aulas de Gabriel sobre Dante é espetacular, tenho certeza de que você vai terminar esse livro com vontade de ler A divina comédia. Além disso, tanto Gabriel quanto Julia são bastante cultos e durante todos os três livros eles tem várias conversas e debates sobre literatura e história que são uma verdadeira aula para nós, leitores.

"Quando você experimenta um amor como esse, qualquer coisa abaixo dele não passa de uma sobra"

Como eu disse, esse livro é para o publico adulto pois tem cenas de sexo, mas esse não é o foco do livro, você não vai ter isso a toda hora, inclusive a primeira cena erótica vai demorar um pouco para acontecer, pois Gabriel ao saber que Julia ainda é virgem e após conhecer o trauma dela, quer esperar o momento certo, para que ele seja perfeito. São passagens extremante amorosas, não vá esperando a mesma coisa de cinquenta tons de cinza, pois aqui tudo é descrito com muito amor. Gabriel fica o tempo todo preocupado com o prazer de Julia, é lindo de se ler.

Os outros dois volumes são, O Julgamente de Gabriel e A Redenção de Gabriel. Pelo titulo do segundo já dá para saber que o relacionamento deles será descoberto e que Gabriel terá que arcar com as consequências de ter quebrado as regras de uma importante universidade.

Julia é extremamente generosa e bondosa, capaz de se sacrificar pelos outros e esse jeitinho de ser acaba encantando ainda mais Gabriel que por causa dela passa a ser uma pessoa melhor. Ele aprende a ser generoso e gentil com as pessoas graças a Julia. É uma verdadeira redenção.

"Uma vez que você prova da bondade, ela o ajuda a reconhecer a diferença entre o bem o mal"

Em meio a tudo isso, os segredos do passado tanto de Gabriel quanto de Julia vão vindo a tona e eles precisam enfrentar grandes problemas e provações.

Eu gostei muito desses livros, além de aula de história sobre Dante, a trama é bem construída. Devo confessar que gostei mais do primeiro livro, esse é sensacional, mas os dois seguintes também são ótimos. As cenas eróticas acontecem quando tem que acontecer, e são tão linda, tão românticas que nem dá pra comparar com as de Cinquenta tons de cinza. 

Por fim, devo dizer que esse livro é uma grande história de amor e uma história incrível de redenção. Um homem que consegue se tornar um ser humano melhor graças ao amor de uma mulher.

"Obrigado por tornar tudo belo pelo simples fato de existir"

Nenhum comentário:

Postar um comentário