Resenha: MOULIN ROUGE (Pierre la Mure)

Hoje vou falar de um livro que muita gente nem sabe que existe. Todo mundo conhece ou pelo menos já ouviu falar no filme Moulin Rouge, estrelado pela Nicole Kidman, mas o que muita gente não sabe é que existe um livro com o mesmo título.  

A história do livro não é a mesma história do filme. Enquanto o filme trata do amor de Christian e Satine, o livro vai narrar a vida de Henri de Toulouse-Lautrec, uma famoso artista no final do século XIX 

Vale destacar que Toulouse não é um personagem fictício, ele existiu de verdade e foi um importante pintor pós impressionista que ficou famoso por pintar a vida boemia dos parisienses daquela época e revolucionou o design gráfico dos cartazes publicitários.

O livro vai narrar a história real de Toulouse, desde seu nascimento até sua morte. Toulouse nasceu numa família rica e renomada da França e teve a melhor educação que um menino poderia receber. Desde cedo gostava de desenhar e pintar, já mostrando seus dons artísticos, mas ele sofria de uma doença genética rara que atrofiou suas pernas. A medida que o menino crescia, suas pernas não acompanhavam esse crescimento fazendo com que ele se tornasse um adulto com pernas pequenas, de menino.

Já adulto Toulouse vai para Montmartre e se apaixona perdidamente por uma prostituta, porém ela só estava interessada no dinheiro dele, a grande decepção amorosa que viveu fez com que ele se afundasse na bebida. Foi quando ele caiu de vez na boemia parisiense. Era o final do século XIX, a época da revolução francesa em que as pessoas lutavam por seus ideias (liberdade, igualdade e fraternidade). Os cabarés naquela época bombavam, as dançarinas de cancan era as celebridades e os jovens só queriam curtir a luz da revolução. 

Em meio a boêmia e a explosão artística da época, Toulouse é contratado para pintar os cartazes do Moulin Rouge, que viria a se tornar o mais famoso cabaré de Paris. Foi justamente esses cartazes que o consagraram para o mundo inteiro.

O livro vai acompanhando a história de vida de Toulouse e a narrativa é muito envolvente. As vezes é angustiante ver tantas decepções, ele realmente não teve sorte no amor, mas ao mesmo tempo é fascinante ver o processo de criação desse grande artista e tudo o que estava acontecendo naquela época.

Um fato muito interessante no livro é que ele narra a relação de Toulouse com outras figuras famosas, como por exemplo Vicent van Gogh e Oscar Wilde.

Vale ressaltar ainda que esse livro é um mergulho na vida parisiense no fim do século XIX, tudo é retratado com perfeição, parece que você esta vivendo aquela época. Super recomendo esse livro, é uma verdadeira aula de história e cultura.

3 comentários:

  1. Adorei o livro,meu marido leu e adorou entao eu ja conhecia ,parabens pela escolha.

    ResponderExcluir
  2. A capa é muito legal, e não sabia dessa diferença eu sempre acho que o livro e o filme é a mesma coisa bem legal saber dessa diferença, fiquei super interessada em ler essa obra

    ResponderExcluir
  3. Nossa bem interessante tem o mesmo titulo do filme mais conta outra historia, ja fiquei curiosa, obrigada pela dica. Sucesso

    ResponderExcluir