Resenha: GELO NEGRO (Becca Flitzpatrick)

"Só porque não estou ferida não significa que estou bem"

Devo confessar que comprei esse livro só porque era da mesma autora da série Hush Hush (ainda vou comentar sobre essa série aqui) e o resultado foi um livro agradável de ler. Não é um livro maravilhoso, mas também não é ruim. É uma leitura boa regada de muito suspense.

O livro começa nos contando a história de uma adolescente chamada Lauren que estava muito irritada porque os pais iam obriga-la a ir para uma faculdade que ela não queria ir. Lauren sai para beber e enche a cara. Com raiva dos pais e do irmão ela acaba indo embora com um homem estranho  que a leva para uma cabana. Alguns dias depois a policia encontra o corpo de Lauren. O caso virou noticia em todo lugar.

Após essa introdução começa a história em si, um ano após o assassinato de Lauren. Nossa protagonista é uma garota de 17 anos chamada Britt que esta muito empolgada em fazer uma trilha pela Cordilheira Teton com a amiga Korbie. As duas planejam ficar numa casa que os pais de Korbie tem nas montanhas.

Britt foi namorada de Calvin, irmão de Korbie e sabe que ele vai estar na casa da montanha, por isso ela se prepara a meses para a viagem, pois quer mostrar que esta bem, que esta forte e que sua vida esta seguindo enfrente sem ele. Britt perdeu a mãe cedo, e desde então acabou sendo super protegida pelo pai e pelo irmão, então essa viagem é a chance dela mostrar que cresceu e que consegue se virar sozinha.

"Só porque alguém morreu não significa que deixou de existir"

Quando esta numa loja de conveniências fazendo compras para a viagem, Britt encontra um rapaz que ela não conhece e pouco depois vê Calvin entrando. Querendo irritar Calvin, Britt diz que o rapaz é seu novo namorado. Calvin não acredita nela e vai perguntar ao rapaz se ele é mesmo o novo namorado de Britt. Para a surpresa dele e dela, o rapaz desconhecido diz que sim. Britt se sente vitoriosas e para se vingar ainda mais de Calvin, pega o porta CDs dele. Ela não sabe que dentro do porta CDs tem um mapa da montanha.

Alguns dias depois Britt e Korbie enfim partem para o que promete ser ferias fabulosas nas montanhas. As duas vão de carro, mas no meio da montanha são surpreendidas por uma forte nevasca que atola o carro. A principio as duas ficam no carro esperando a tempestade passar, mas ao ver que a neve continua caindo forte e que a temperatura esta despencando elas sabem que se ficarem ali vão acabar morrendo congeladas. Então, elas saem do carro e partem por uma trilha em busca de ajuda, felizmente Britt tem o mapa de Calvin. Após andar um pouco elas encontram uma cabana.

Há dois caras na cabana, Shaun e Mason, sendo que Mason é o cara da loja de conveniências (o que disse que era o namorado de Britt). Shaun se mostra receptivo, mas Mason esta apreensivo e faz de tudo para as garotas irem embora. Britt não entende porque Mason quer tanto que elas vão embora e diz que não podem ir, pois elas vão morrer se passarem a noite no meio do gelo. Pouco depois Britt entende que a pior decisão de sua vida foi ter entrado naquela cabana.

Shaun mantem as meninas prisioneiras e por diversas vezes fica a ponto de mata-las. Ele quer sair da montanha pois esta sendo procurado pela polícia, mas não sabe como, então Britt diz que sabe o caminho. Britt mente dizendo que Korbie esta doente e eles acabam deixando ela presa na cabana, enquanto entram na montanha tendo Britt como sua guia e refém. Britt não mostra o mapa a eles, pois teme que se tiverem o mapa eles não precisarão dela e a irão mata-la.

Muitos perigos rondam a montanha, além do frio congelante. Aos poucos Britt vai se sentindo atraída por Mason, mas sabe que não pode fazer isso, afinal ele é seu sequestrador.

"Se a síndrome de Estocolmo existia, eu tinha certeza de que minha atração era um sintoma inicial"

O livro nos envolve e em em certas ocasiões nos faz ter duvidas sobre quem esta falando a verdade. Muitas reviravoltas acontecem e acabamos descobrindo uma ligação surpreendente dos rapazes com o assassinato de Lauren.  

Como disse no inicio, não é um livro espetacular, mas garante varias horas de boa leitura e nervos a flor da pele.

"Todo mundo precisa de segredos, eles nos mantém vulneráveis _ disse ele
Por que alguém iria querer ser vulnerável?
Para manter a guarda levantada e, assim, não ficar descuidado"

Nenhum comentário:

Postar um comentário